O Melhor de 2016

janeiro 06, 2017

2016 terminou, e se por um lado tenho a sensação que ainda ontem começou, por outro, parece que já passou uma eternidade, tendo em conta a quantidade de coisas que fiz. 2016 foi um ano em cheio. Um ano em que os momentos bons e memoráveis superaram largamente os momentos menos bons. Foi um ano de crescimento e aprendizagem, de viagens e objectivos alcançados, de sorrisos e dúvidas. 

Sendo um ano tão marcante não poderia deixar passar a oportunidade de destacar os momentos mais importantes.

Viver num hotel - O ano começou com muito estudo e nervos para um exame que iria ser realizado na primeira semana do ano. Felizmente passei e frequentei as duas semanas de formação. Duas semanas a viver num hotel, em que a minha única preocupação era chegar a horas à formação. Nada de fazer a cama, nada de arrumações, nada de lavar a loiça ou pensar em refeições. Só tinha que decidir se ia ao ginásio de manhã ou ao final do dia, e a que horas descia para o jantar. Ah, vida boa!

Duas semanas de formação intensiva - Viver num hotel foi fantástico. Quero mais! Mas ter formação de manhã à noite, trazer matéria para estudar todos os dias e ter avaliações constantes, foi uma prova e tanto. Conheci pessoas fantásticas e é impressionante a facilidade com que criámos laços de amizade em apenas duas semanas.

Nova aventura profissional - Pensei que conseguia abrandar depois da formação, que ingénua que sou! Os meses seguintes foram marcados por horários intensos, por vezes 16 horas de trabalho diários e sem qualquer folga.

O primeiro "despedimento" - Sempre me orgulhei de ter deixado uma boa imagem em todos os lugares onde trabalhei e de nunca ter sido despedida. Tecnicamente não foi despedida. Pelo menos não devido ao meu trabalho. A empresa onde trabalhava encerrou a atividade em Portugal e dispensou todos os colaboradores. Nunca tinha passado por tal situação mas serviu apenas para me fortalecer e para me dar ainda mais motivação para seguir os meus sonhos.

Nunca colocar todos os ovos no mesmo cesto - Uma das lições mais importantes deste ano. Quando iniciei uma nova aventura profissional em Janeiro, foram muitas as pessoas que me disseram para abandonar o meu antigo trabalho. Não o fiz. Mantive os dois e ainda bem! 

Tróia e Carvoeiro - Não tenho como negar, sou menina da mamã, e as férias com a minha mãe, irmãos e namorado são sempre um dos pontos altos do ano.

Road Trip - Salamanca, Valladolid, Segovia e Madrid. Só de pensar fico com vontade de voltar. Percorrer um novo país com a pessoa que mais amo foi uma experiência inesquecível.

O Super Pote - Em Valladolid, eu e o Charming comprámos o maior mealheiro de todos os tempos. Não estou certa da medida e ainda não fiz a experiência, mas desconfio que se o pousar no chão, me chega ao joelho. Além disso é bastante largo. Só para terem uma ideia, apenas para tapar o fundo foram necessários cerca de 300€ em moedas de 2€, 1€ e 50 cêntimos. Moedas mais pequenas não entram.

Jardim Zoológico em família - Juntámos o pessoal cá de casa e levámos o avô ao Jardim Zoológico. F-A-B-U-L-O-S-O!

Primeiro ano sem escola - O meu futuro está cheio de incertezas e foi algo que aceitei plenamente este ano quando, em Setembro, resolvi não me matricular em nenhum mestrado ou pós-graduação.

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada - Não sendo um livro de J. K. Rowling, nem sequer um livro, deixou algo a desejar. Mas não posso negar a satisfação e felicidade que senti ao reencontrar velhos amigos.

Monstros Fantástico e Onde Encontrá-los - Foi o reavivar de uma tradição. Um filme do Harry Potter ou, nesta caso o mais próximo que consegui, no dia do meu aniversário. Família, namorado e melhor amigo. O que mais posso pedir?

Natal - A minha avó materna e a minha mãe conseguiram fazer de mim uma verdadeira viciada em Natal. Apesar das faltas que se sentiram, e que se vão sentir sempre, este Natal foi a primeira vez que o Charming passou a véspera de Natal comigo e isso é mais do que eu alguma vez poderia pedir.

Passagem de ano - Não vejo grande graça em festejar a Passagem de Ano. Para mim é um dia igual a tantos outros no entanto, este ano foi um ano de estreias, e a Passagem de Ano não foi diferente. Pela primeira vez eu e o Charming juntámos as nossas famílias e passámos a Passagem de Ano e o dia de Ano Novo todos juntos.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Que bom é fazer esta revisão do ano que termina :)
    Relativamente a viver num hotel: INVEJO ahahah
    QUE ANO BOM!
    Que 2017 te traga tudo tudo tudo o que desejas.
    Beijinho*

    ResponderEliminar