O Filme da Semana: Ronaldo [2015]

janeiro 08, 2016


Não sendo propriamente fã do Cristiano Ronaldo - já consegui ultrapassar o crush que tive por ele algures entre os meus 12 e 13 anos - acho que uma pessoa que é falada por meio mundo e difamada pela outra metade, tem direito a falar, especialmente se for para falar sobre si próprio.

Neste documentário vimos um lado mais pessoal e reservado do Cristiano. Um homem como todos os outros - mas com mais alguns milhões na conta - com uma relação especial com o filho. Aliás, é o filho, mais do que qualquer outra pessoa, que o acompanha no seu quotidiano.

Não vimos festas exuberantes nem reuniões de amigos extravagantes. Vimos jogos de futebol no sofá, batidos Herbalife na cozinha, idas à escola e momentos no ginásio, tudo sempre na companhia do pequeno Cristianinho. Sabia que tinha uma casa de babar, a garagem cheia de carro e acessórios de luxo, mas desconhecia a relação extremamente afectuosa e carinhosa que tinha com o filho. E foi exactamente isso que me fascinou. 

Classificação Encantada: 6
Classificação IMDb: 6,5

You Might Also Like

8 comentários

  1. Sim o documentário, mostra sem dúvida o lado mais pessoal dele. Acho que apesar de tudo ele é uma pessoa reservada

    ResponderEliminar
  2. posso-te ser sincera? acho isso manufacturado... não me parece que um homem sozinho - jogador de futebol ainda por cima - possa ter esse tipo de vida... mas enfim, ele mostra o que quer mostrar, está no direito dele xD

    http://tehteh25.blogspot.com

    xoxo

    ResponderEliminar
  3. também já vi, não sei porque acho que estava à espera de mais mas mesmo assim achei bastante realista :)
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Fiquei um pouco mais curiosa em relação ao documentário, mas acho que ainda não me cativa o suficiente para ver. Todavia, mesmo que não se fale muito, é notável que ele é um bom pai para o filho.

    ResponderEliminar
  5. Por acaso quando ouvi falat do filme, não me despertou a curiosidade para ver.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. R: também adorei os ténis. Borá la!

    ResponderEliminar
  7. Ainda não vi, mas revi-me na parte do crush por ele algures entre os 12 e 13 anos :)

    ResponderEliminar