Quase no Ensino Superior #6 - Os Supostos Cursos Com Saída.

julho 01, 2015

É um dado adquirido que, ao falarem sobre o curso que querem vir a frequentar, ou as opções que tenham em aberto, que muitas almas condenem as vossas escolhas, sugiram "cursos com saída" e tentem direccionar o vosso caminho para medicinas, engenharias ou o curso que eles desejavam ter frequentado mas não tiveram coragem ou oportunidade de frequentar.

Na situação económica actual é normal que a empregabilidade seja utilizada como factor de decisão no vosso futuro percurso académico no entanto não deve ser o único factor a ser analisado.

Estou no último ano - ou assim espero - da licenciatura em Engenharia das Energias Renováveis e cada vez mais me convenço de que a paixão é essencial. Se amam aquilo que fazem vão ter sempre motivação para continuar, vão fazer sempre mais um esforço para alcançar mais, vão querer sempre fazer parte dos melhores, vão ter sempre aquele desejo de chegar mais longe e servir como factor diferenciador entre centenas de estudantes. 

Cada vez mais acredito que as oportunidades são feitos por cada um de nós e que o nosso esforço, trabalho e dedicação acaba por ser recompensado. Nunca na minha vida pensei que iria competir com uma licenciada em Economia por um trabalho como assistente de vendas e tesoureira num Banco e que iria ser eu a ficar com o trabalho. Não esperava mas foi o que aconteceu. Independentemente de não ser a minha área fui eu a escolhida.

Claro que existem cursos que praticamente garantem emprego no final no entanto, se o detestarem e passarem mesmo ali à rasca será que vão conseguir? Não será melhor serem excepcionais num curso que gostam do que serem medíocres num curso de elevada empregabilidade? Não sei o que pensam mas, pessoalmente, se estivesse a contratar não queria ninguém medíocre a trabalhar para mim, por melhor que fosse o curso.

Ballerina

You Might Also Like

1 comentários

  1. Obrigado :D
    Agora só me resta rezar e esperar que saiam os resultados. Vamos lá ver... :P

    Se queres que te seja sincero... Acho que ninguém se deve focar nos cursos com mais ou menos saída na altura das candidaturas ao ensino superior... Os cursos que hoje têm mais saída amanhã podem já não ter e vice-versa. Acho que a escolha dos cursos deve ser baseada, unicamente, na nossa personalidade e no que realmente queremos pois só assim faz sentido. Não tem lógica um aluno ingressar num curso só porque tem saída sem sequer se identificar com o mesmo :P

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar