Desculpem mas não concordo.

fevereiro 06, 2015


Muito se tem falado de Tess Holliday, uma modelo de 1,65m de altura e 120 quilos, que recentemente conseguiu assinar com uma das maiores agências de modelos do mundo, a MiLK Management. A maioria aplaude e considera uma excelente iniciativa, eu não. Até onde vai a hipocrisia humana que critica - e muito bem - modelos com 1 metro e 70 centímetros de altura e menos de 50 quilos mas aceita com uma salva de palmas uma modelo com 1 metro e 65 centímetros e 120 quilos. Criticam modelos por serem excessivamente magras com o argumento que de que não é saudável, mas será então que é saudável ter 1 metro e 65 centímetros e pesar 120 quilos? Pelos vistos a maioria considera que sim.

Sou a favor da humanidade, tenha ela a forma, cor, altura, dimensão e volume que tiver no entanto se é para defender a saúde que se faça uma campanha séria. Se um extremo é criticado não deveria o oposto ser também? Ou devemos criticar apenas os magros e os gordos que fiquem como estão? A obesidade é um problema tão grave como a anorexia.

Tenham orgulho no vosso corpo e não criem complexos -acreditem, sei bem do que falo - mas antes de se preocuparem com o reflexo no espelho preocupem-se com a vossa saúde e evitem extremos, sejam eles quais forem. Procurem o equilíbrio e o vosso bem-estar mas não se esqueçam que o importante é cuidar de dentro para fora. Cuidem da vossa saúde que o restante veio por acréscimo.

You Might Also Like

17 comentários

  1. alguém que me compreenda, postei no facebook que não concordava nada com isto, que achava que conseguem promover falta de saúde nos dois extremos, que é ridículo, fui logo bombardeada

    ResponderEliminar
  2. Já gosto de ti e nem te conheço. Ainda ontem falei com um amigo sobre isso. Ser obeso não é nada saudável. Essa rapariga, mede mais 2 cm que eu, o meu peso está um pouco acima do que deveria estar e eu sinto-me mal.
    Sendo assim, acho que não deviam encoraja-la tanto, porque pode ter doenças graves devido ao facto de ser bastante pesada.

    ResponderEliminar
  3. Concordo inteiramente, apesar de não gostar de modelos anorécticas, também não acho nada agradável este exagero, Lá cheinhas até gosto de ver, mas assim, não!

    ResponderEliminar
  4. Concordo 100% querida, é mesmo isso, a sociedade parece que se move por modas 1º é porque são muito gordas, depois porque são muito magras e no final já trocaram as voltas e é tudo maravilho!

    ResponderEliminar
  5. Foi uma abordagem muito pertinente e que faz pensar.

    ResponderEliminar
  6. Eu acho estas coisas estúpidas. Depois surge alguém que tem 100 kg e quando vê isto tira da ideia passar a ser saudável, porque lhe apeteceu e porque a mulher lhe deu mais um pretexto para não se preocupar com a sua saúde.
    Enfim
    Adorei o teu blog.
    Enorme beijinho
    http://adonadasushi.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. As pessoas obesas deviam conseguir encontrar soluções!

    ResponderEliminar
  8. Eu sou uma defensora da saúde...saúde acima de tudo, independentemente de se ser mais gordo ou mais magro...

    ResponderEliminar
  9. Não tinha pensado nesse ponto de vista! Bom argumento ;)
    R: Se eu o tivesse, dava-te um pouco xd

    ResponderEliminar
  10. Só mostra, que existem pessoas gordinhas que infelizmente nao conseguem atingir os 50kg e que merecem sonhar e ter sonhos como uma de 50kg tem e conseguir chegar onde elas conseguem...
    Obviamente que não e saudável ter um peso de 120 quilos, mas acredita estas pessoas não têm este peso porque querem.
    Mas sim claro que a obesidade é um problema grave, mas muitas pessoas não têm culpa e quando chega a extremos já não conseguem a vontade é pouca, ou ate gostam do que vêem no espelho.

    Beijinhos* Anaísa
    http://doceerebelde.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Olá, nomeei-te para uma TAG.
    Passa pelo meu blog: http://daytoday19.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Concordo querida!!!


    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. Não fazia ideia disto, mas concordo contigo, sem dúvida!

    R: Obrigado :)

    ResponderEliminar