Amor - O Mito do Amor à Primeira Vista.

outubro 21, 2014

O amor à primeira vista não existe.  Não sou uma cabra infeliz nem nada que se pareça e podia estar aqui com mil e um rodeios e paninhos quentes mas a verdade é essa. 

Pode existir uma atração inicial, que nos desperta e conduz a nossa atenção para uma pessoa em particular, que nos deixa a suspirar quando ele/a nos toca no braço ou quando nos dirige um sorriso especial. Essa atração pode, eventualmente, evoluir para algo mais ou, em casos mais tristes, tornar-se uma verdadeira decepção que dá origem a frases como "onde é que eu tinha a cabeça" ou "o que é que eu vi nele/a". 

O amor exige esforço, dedicação, altruísmo, paciência e conhecimento, não só sobre o outro mas também sobre si próprio. O amor não é um pudim instantâneo tipo Boca Doce, isso é a paixão, e por melhor que seja, tanto o pudim como a paixão, se a paixão caminha sozinha eventualmente acaba por desvanecer. Já o amor é, sei lá, como uma cerejeira, é preciso plantar, protegê-la e fornecer os nutrientes necessários para que cresça, mas quando cresce dá frutos fabulosos, fornece abrigo para pássaros é duradoura e é tão bela que fascina meio mundo.

Just In case

You Might Also Like

7 comentários

  1. eu confesso que sou bastante inexperiente, mas também não acredito nisso de amor à primeira vista...

    xoxo

    ResponderEliminar
  2. Bom, eu não me acredito muito nisso do amor à primeira vista... aliás, acho mais piada a esse jogo até existir depois o amor :)

    ResponderEliminar
  3. concordo com tudo que disseste, o amor construí-se
    vi o teu blogue decidi seguir e tomei a liberdade para comentar

    ResponderEliminar
  4. Não acreditas em amor à primeira vista pois então acredita na flecha do cupido :D
    É verdade, não são balelas, acontece. Não precisei de reflectir muito nesse assunto ao longo dos anos, fui logo atingida pela tal flecha, puxei-a, atirei-a fora, reneguei-a mas não adiantou nada. Vinha envenenada e o veneno chamava-se essa coisa de "amor": :P

    ResponderEliminar
  5. Gostei. Concordo completamente com tudo que escreveste.

    ResponderEliminar