Relativizar.

agosto 04, 2014

Cada vez mais defendo que é importante relativizar as situações e desdramatizá-las. Por vezes perdemos tempo, paciência e momentos preciosos por situações mesquinhas, teimosia ou orgulho e é importante ter sempre em perspectiva o que realmente importante.

Encontrei uma amiga da família e os seus filhos num hipermercado e um dos meninos tinha um dos olhos tapados. Claro que perguntei logo o que se passava mas estava à espera de uma resposta como "é vista cansada" ou "oh, então o miúdo não pará. Aleijou-se mas não é nada de grave". Acho que estava à espera de tudo. Tudo, menos aquilo que ouvi.

Afinal o menino, uma criança com menos de dez anos, está a perder a visão de um dos olhos. Como já tinha a visão apenas a 20% resolveram tapar o olho que está bom - com uma visão de 100% - para tentar obrigar o olho que está a perder a visão a esforçar-se mais, no entanto parece que não deram muitas esperanças. Nem sequer pode ser operado devido à idade. 

Fiquei chocada. Desejei as melhoras e fui-me embora pois também não queria estar a forçar um assunto sensível que certamente é muito dolorosa para a mãe. Por vezes são precisos momentos infelizes como estes para nos relembrarmos da sorte que temos. Só tenho a agradecer pela minha saúde e pela daqueles que mais amo e tento, um bocadinho todos os dias, nunca me esquecer disso. 

Quote ❤️

You Might Also Like

9 comentários

  1. Depois de ter lido este post, até me sinto mal por me ter queixado no meu blog por ser segunda feira :(.

    Queixamo nos de pequenas coisas sabemos que há alguém a travar verdadeiras lutas sem se queixar :(

    ResponderEliminar
  2. e eu que faço uma tempestade num copo de agua por tudo e por nada.. as vezes preciso destes choques para ver se acordo.

    ResponderEliminar
  3. Às vezes é difícil termos na cabeça que há alguém a viver situações piores do que as nossas, eu bem sei isso, porque às vezes também penso que a minha vida é injusta e bla bla bla. Depois vivemos uma situação como a que viveste ou lemos sobre e voltamos a pensar que afinal, e apesar de tudo, a nossa vida até é boa.

    ResponderEliminar
  4. Os nossos problemas são sempre os piores. Por vezes, basta olhar à volta e ver os dos outros. Para mim, é o suficiente para levantar a cabeça e continuar.

    ResponderEliminar
  5. Podes crer querida, penso como tu :') Quando eu me queixava que tinha o nariz horrivel ou na altura em que andava revoltada por ter que usar oculos, a minha mae dizia-me muitas vezes para me dar por contente por ser saudavel pois eu uso oculos mas havia meninos da minha idade cegos, eu nao gostava do meu nariz mas no mesmo momento havia meninos no hospital que nao conseguiam respirar... Foi assim que aprendi que devemos valorizar o que Deus nos deu...

    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Há pessoas que passam a vida a queixar-se da pouca sorte que tem, mas esquecem-se de olhar à sua volta e ver que há pessoas bem piores que elas. É, de facto, importante relativizar :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. resp: eu já vou amanhã de férias :)

    ResponderEliminar
  8. Abordaste um tema muito importante e vital na vida de cada um de nós, no meu caso eu tenho de fazer mais vezes e talvez por me custar ainda tanto devo estar mais empenhado.
    Em relação às crianças é sempre triste e doloroso mas há uma coisa que me fascina que é a força e o sorriso que têm sempre e muitas vezes isso é mais do que suficiente para ultrapassar o problema, espero e desejo que o caso dessa criança seja ultrapassado.

    Por último, devemos estar sempre gratos por tudo aquilo que temos na vida incluíndo os problemas porque são desafios para crescemos mais como pessoa.

    beijinhos.*

    ResponderEliminar