quarta-feira, 22 de março de 2017

A Música da Semana | Ella Henderson - Beautifully Unfinished

Para além de ter um guarda-roupa que causa inveja à mais santa das mortais, Reign tem também uma boa banda sonora. Foi através da série que descobri esta música, que rapidamente se tornou uma das minhas favoritas.

terça-feira, 21 de março de 2017

SÉRIES | As Novas Séries de 2017 #1

As novas séries são, simultaneamente, uma das maiores emoções e um dos maiores desesperos dos serieólicos deste mundo.

"Será que é bom?", "Será que vale a pena?", "Eu já vejo tantas... Será que devo acrescentar esta?", "Qual devo ver primeiro?", "Será que é tão bom quanto...?". Esses e tantos outros "Será" assombram a nossa mente e, como entendo e partilho do vosso sofrimento, estou aqui para vos facilitar a vida.

Ao longo deste ano, e conforme forem estreando, vou apresentar-vos as novas séries de 2017

Atenção, esta publicação é apenas sobre as novas séries. Existem sempre mais opções de séries que estrearam em anos anteriores e já contam com várias temporadas. 



Riverdale - Uma série de drama adolescente baseada nos personagens icónicos de Archie Comics. Archie (KJ Apa) decide lutar pelo seu sonho de se tornar um grande músico enquanto tenta lidar com um triângulo amoroso.

Big Little Lies - Madeline (Reese Witherspoon), Celeste (Nicole Kidman) e Jane (Shailene Woodley) são amigas, mães e mulheres com uma vida aparentemente perfeita. No entanto, nem tudo é o que parece e as vidas perfeitas que os outros invejam escondem muitos segredos e homicídio.

Taboo - A história do aventureiro James Keziah Delaney que constrói o seu império naval no século XVIII.

Legion - Baseado nos livros da Marvel, Legion conta a história de David Haller (Dan Stevens), um jovem que pode ser mais que um simples humano. Diagnosticado com esquizofrenia desde criança, David passou parte da sua vida em instituições psiquiátricas mas é quando conhece Syd (Rachel Keller) que a sua vida fica virada do avesso.



24 Legacy - Um herói militar regressa aos Estados Unidos da América mas os problemas que pensou ter deixado para trás teimam sem segui-lo. Sem ninguém a quem recorrer, Eric Carter ()  pede à CTU que o ajude a salvar a sua vida enquanto tentam impedir o maior ataque terrorista de sempre em território americano. 

Santa Clarita Diet - Sheila Hammond (Drew Barrymore) e Joel Hammond (Timothy Olyphant) são agentes imobiliários em Santa Clarita, na Califórnia. Quando Sheila morre, a vida dos Hammond sofre uma reviravolta inesperada.

Emerald City - O nome não engana, Emerald City é a versão moderna de "O Feiticeiro de Oz".

Feud - É o behind-the-scenes de What Ever Happened to Baby Jane? (1962), e acompanha a relação das lendas televisivas Bette Davis (Susan Sarandon) e Joan Crawford (Jessica Lange).


Powerless -  A primeira comédia da DC acompanha o dia-a-dia de uma companhia de seguros especializada em proteção contra os danos colaterais causados por super-heróis e vilões.

The Good Fight - Quando perde tudo, Diane Lockhart (Christine Baranski) tem de recomeçar tudo de novo, numa nova firma.

13 Reasons Why - Clay Jensen (Dylan Minette) não desiste de descobrir a razão pela qual, Hannah (Katherine Langford), a rapariga que amava, decidiu pôr fim à própria vida.

Training Day - É o follow-up do filme homónimo que estreou em 2001 sobre um polícia novato parceiro de um oficial corrupto.


Acompanham algumas destas séries? Qual foi a que vos despertou mais curiosidade?

sábado, 18 de março de 2017

As Séries e o Luto.

Um dos maiores receios dos verdadeiros amantes de séries é a transição de temporadas. 

Basicamente, o ano de um viciado em séries divide-se em summer season e a winter seasonAté aqui tudo bem, o problema é a escassez de séries durante o período de transição. 

Até que todas as séries terminem, e até que todas as outras comecem, existem um período relativamente insípido, que anda ali a meio gás, e que transforma as nossas noites, outrora preenchidas com diversas opções de entretenimento televisivo, em períodos de apatia.

Este período de transição é tão mau e complexo que só consegue ser ultrapassado depois de passarmos pelas cinco fases de luto:

Resultado de imagem para gif denial
Negação - a perda parece-te impossível. Tão impossível que te recusas a acreditar, pois seria impossível suportar essa dor. Evitas o assunto a todo o custo e recusas falar, ou pensar, sobre o assunto. 


Resultado de imagem para ANGER gif
Raiva - "Porquê eu?" é a pergunta que mais surge durante esta fase. Qualquer tentativa de conforto e gestos simpáticos são desprezados e até o som da respiração de alguém te incomoda. Basicamente, o mundo está contra ti e tu estás prontos para distribuir chapada por tudo quanto é lado.


Imagem relacionada
Negociação - Começas a considerar a hipótese da perda ser real e entrasem fase de "negociação" de forma a tentar compreender e processar a perda.


Resultado de imagem para depression gif
Depressão - Compreendes que a perda é inevitável, que não há nada que possas fazer para a evitar e és preenchido por um vazio indescritível.
Os ataques de choro e vontade compulsiva de comer doces são frequentes.


Resultado de imagem para acceptance gif
Aceitação - E por fim, depois de gastares o teu stock de kleenex e ficarescom o rabo cinco vezes maior, tu percebes que não existe mais nada que possas fazer e, finalmente, aceitas.


Mas, após passarmos pelas cinco fases fundamentais, começa a surgir a questão: "Mas o que é que eu vou ver agora?".

E é precisamente a essa questão que eu vou responder amanhã!